• Equipe Design | GRUPO AGN

Por que todo professor deveria ter um Amplificador de Voz Profissional em sala de aula?

O que é a voz? Entendemos por voz o instrumento de comunicação humana desenvolvido a partir da necessidade de expressar ideias, convicções, pensamentos e sentimentos. Foi a partir do aperfeiçoamento da voz e da criação das linguísticas ao redor do mundo que a nossa sociedade evoluiu até o patamar que se encontra nos dias de hoje.


A voz ainda é um dos mais poderosos meios de interação humana e, na profissão de educadores, é a principal ferramenta de trabalho dos professores. Sendo assim, é importante compreender que como qualquer ferramenta é preciso ter cuidados para que não haja desgastes.



Com relação à voz do professor, tem sido crescente o número de pesquisas desenvolvidas nos últimos anos no Brasil. Em um estudo sobre a docência no ensino fundamental, destacou-se que há “demandas e necessidades específicas relacionadas ao uso profissional da voz, sob longas jornadas e precárias condições de trabalho que se repetem ao longo dos anos” (GRILLO e PENTEADO, 2005).

O uso intenso da voz por um tempo prolongado promove maior atrito em pregas vocais, e, consequentemente, pode elevar a prevalência de alterações vocais. No caso dos professores, essa situação pode agravar-se ainda mais (TRICOLLI, 1997) devido às condições de trabalho que não têm sido as melhores, forçando-os, em sua prática pedagógica, ainda a adequar-se a condições bastante adversas.


Dentre os aspectos causadores de estresse, a incompatibilidade entre os limites pessoais do professor diante da demanda do serviço e do sistema educacional – o comportamento do estudante, o nível de ruído, a temperatura ambiente, excesso de trabalho (dupla, às vezes tripla jornada de trabalho), falta de condições para exercer a profissão etc., vão interferir no desempenho (NUNES SOBRINHO, 2002).


Em Belo Horizonte, Minas Gerais, estudo realizado com 2.133 professoras da rede municipal verificou que 61% das entrevistadas referiram cansaço para falar e 56% perceberam piora na qualidade vocal nas últimas duas semanas. A frequência de professoras afastadas da sala de aula por transtornos vocais foi de 30% (Jardim, et al. 2007).


Segundo diretrizes do Conselho Federal de Fonoaudiologia há diversas orientações para cuidar da saúde vocal do docente. Beber bastante água para se manter hidratado e evitar fumar são algumas das alternativas, mas a grande maioria sugere táticas para poupar a voz (como não fazer a chamada em voz alta e evitar gritar). Segue abaixo mais algumas instruções para a prevenção da saúde vocal. FONTE: https://brasilescola.uol.com.br/fonoaudiologia/prevencao-vocal.htm


Dentre todas as questões referentes a conservação da voz, há uma grande parte destas que poderiam ser solucionadas com a utilização de um Amplificador de Voz Profissional.


Sem fazer grandes esforços a voz do educador consegue alcançar toda a turma. A disciplina é mantida, o conteúdo é repassado de forma assertiva e o professor ganha melhores condições de saúde da voz.



O Amplificador TOTEM é quase um assistente de sala e ainda é um ótimo recurso para reproduzir música no intervalo ou em aulas dinâmicas. Saiba mais sobre nossos produtos através do site ou entre em contato.



69 visualizações0 comentário