• Equipe Design | GRUPO AGN

Lixo eletrônico, o problema do século XXI

Atualizado: 19 de jul.

Hoje vivemos na era digital onde os dispositivos eletrônicos tais como celulares, tablets, notebooks e outros estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano. Estes produtos se tornam descartáveis após algum tempo de uso ou quando atingem o nível de obsolência programada.

Fonte: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/obsolescencia-programada.htm


Alguns elementos contidos nos eletrônicos podem permanecer no solo por muitos séculos, causando uma contaminação através dos resíduos nocivos presentes nestes aparelhos, provocando um grande desequilíbrio ambiental.


Evitar gerar mais lixo eletrônico é uma das maiores preocupações da atualidade; são enormes os riscos à saúde decorrentes dos resíduos tóxicos liberados por estes equipamentos, que também colocam em risco o meio ambiente.


“97% do lixo eletrônico da América Latina não é descartado de forma sustentável”


Fonte: https://news.un.org/pt/story/2022/01/1777952


Uma forma sustentável de evitar o excesso de descarte de lixo eletrônico e ainda frear o consumismo é aumentando a vida útil dos seus aparelhos. É normal que toda máquina sofra desgastes à medida que o tempo passe, porém não é aceitável continuar substituindo os equipamentos logo após pouco tempo de uso.





Pensando na sustentabilidade, separamos aqui algumas dicas muito importantes para aumentar a durabilidade dos seus aparelhos eletrônicos.


1. Compre produtos certificados

Optar pela compra de um produto com certificação pelos órgãos reguladores é o primeiro passo. Produtos homologados e originais de marcas consolidadas possuem uma vida útil muito maior do que os não certificados, isso acontece pois antes de serem comercializados cada componente passa por um controle de qualidade rigoroso para certificar a sua eficácia e eficiência.

Outro ponto importante é que produtos originais tem contrato de garantia. Comprar produtos com homologação pelos órgãos reguladores como INMETRO e ANATEL é uma maneira consciente de evitar o lixo eletrônico.


2. Higienize corretamente os seus produtos

É importante cuidar para que seus equipamentos eletrônicos não acumulem sujeira, mofo, restos de alimento etc. A sujeira é capaz de danificar componentes tecnológicos, seja por se “enroscar” nos fios internos ou por cobrir superfícies de contato.

Para evitar um impacto negativo no desempenho do seu produto é melhor mantê-lo sempre limpos.


É importante consultar o manual de instruções antes de realizar qualquer tipo de higienização, mas um pano seco ou um simples pincel passando delicadamente na superfície dos equipamentos para tirar a poeira já pode evitar que entradas e saídas conectoras sejam obstruídas pela sujeira. Outra maneira de preservar a higiene dos seus produtos é mantê-los dentro das suas embalagens originais.


3. Manutenção apenas com especialistas

Nunca abra um equipamento que está dando defeito e tente consertá-lo por conta própria. Além de violar a garantia do seu produto, você ainda corre o risco de danificá-lo permanentemente.

Quando um produto apresentar algum defeito o correto é entrar em contato com o seu fabricante e procurar a assistência técnica autorizada. É recomendado comprar produtos que possuam assistência técnica nacional, para melhor atender qualquer necessidade.


Recorrer a assistência técnica especializada é garantir que você terá profissionais capacitados para fazer a reparação ou substituição se necessário.


<< Saiba mais sobre o amplificador de voz Totem >>



4. Não utilize nada cortante

Eletrônicos carregam dentro de si uma variedade de sistemas essenciais para o seu funcionamento adequado. Mesmo com uma estrutura externa que protege o equipamento interno, ainda assim é importante que o usuário tenha cuidado na hora do manuseio.

Nunca use a unha ou objetos pontiagudos para ligar ou acionar os botões do em qualquer aparelho eletrônico. Também não insira objetos pontudos e finos dentro da sua grade de proteção para não perfurar o seu aparelho.

5. Cuidado com picos de energia


Blecautes podem causar muitos prejuízos em alguns eletrônicos. O dano ocorre quando a energia é desativada no aparelho de forma abrupta e incorreta, mas picos de energia podem ser ainda piores que o desligamento total.


Oscilações na rede elétrica podem ocorrer por diversos motivos, seja quedas de raios ou até uma sobrecarga de dispositivos conectados a uma única tomada. Durante picos de energia há chances de alguns equipamentos serem danificados ou pararem de funcionar logo após algum tempo.

Uma forma de proteger dispositivos de situações assim é com a utilização de nobreaks, que funcionam como fonte de energia alimentadora enquanto os produtos estão conectados.


Quando notar oscilações de energia na rede elétrica, lembre-se de desconectar seus equipamentos eletrônicos da tomada e mantê-lo apenas com a bateria interna ou desligados.


E agora?

Enquanto o momento de substituir o seu aparelho eletrônico não chega, faça o que estiver ao seu alcance para garantir o seu bom funcionamento. Em qualquer dúvida não tenha receio de entrar em contato com o SAC ou assistência técnica dos seus equipamentos, eles estarão prontos para atendê-los.




53 visualizações0 comentário